Colunista: Marcos Madeira


Coluna

Os cães e a brisa

Ao observar dois cães brincando enquanto uma leve brisa sopra, traço um paralelo entre as dificuldades do mundo e aquelas que muitas vezes criamos em nossa cabeça. Enfrentar as adversidades é uma premissa diária que foi fortalecida de forma aguda com a chegada da pandemia. Diante disso, o desafio futuro, é sofrer menos e sem… Continuar lendo.

Coluna
A pandemia e o trabalhador incrédulo

A pandemia e o trabalhador incrédulo

Marcelo era um trabalhador do setor de metalurgia, 40 anos, tinha esposa e dois filhos. Com o anúncio da pandemia e as restrições impostas pelos setores de saúde, a empresa a qual trabalhava teve que se adequar ao momento. Demissões, corte de salários, mudanças no horário de trabalho, deixaram Marcelo desanimado com a situação. Ele… Continuar lendo.

Coluna
O jornalismo é Nobel da Paz

O jornalismo é Nobel da Paz

Sim, o Prêmio Nobel da Paz é nosso, e representa todos os jornalistas do planeta! Foram dois os vencedores da categoria: a filipina Maria Ressa e o russo Dimitri Muratov, editor-chefe do jornal Novaya Gazeta. Maria Ressa, declarou que a conquista é dedicada a “todos os jornalistas do mundo”.  Ressa e Muratov foram escolhidos, entre… Continuar lendo.

Coluna
Tu és um negro de alma branca

Tu és um negro de alma branca

O título desse artigo não é meramente um título, é a cara do racismo brasileiro, enrustido nas brincadeiras, piadas e frases de efeito negativo. Uma tipografia do quanto o reforçamento racista existe no Brasil. Somos o que somos, por não acreditar na nossa história, não dar valor ao que nos forma enquanto brasileiro. 20 de… Continuar lendo.

Coluna
O Presépio está na rua!

O Presépio está na rua!

São milhares de pessoas em extrema pobreza no mundo, sem casa, alimento, condições básicas de sobrevivência. A miséria no mundo extrapola qualquer crise mundial. E, em época de Natal, parece que a pobreza fica ainda mais evidente, os olhares se voltam para boas ações em especial para aqueles que sofrem com as desigualdades. Nesse fim… Continuar lendo.

Coluna
A vida como ela não é!

A vida como ela não é!

Aquilo que pensavam os mais esperançosos sobre mudanças de comportamento do indivíduo, por conta da devastadora pandemia que ceifou milhares de vidas, foi frustrada. Somos insensatos, e junto a falta de consciência, vem esse extinto de achar que podemos vencer tudo e todos, embalado claro, pela busca do sucesso pregado pelo capitalismo. A regra é… Continuar lendo.

Coluna
Os sintomas da ignorância humana

Os sintomas da ignorância humana

No dia 15 de março completa dois anos de pandemia na nossa região, período em que forçadamente alguns hábitos foram deixados de lado, e outros apareceram. Um saldo devastador de mortes, sequelas físicas e emocionais estão por todas as partes do mundo. Mesmo assim, uma parcela da sociedade ainda insiste em não acreditar ou aceitar… Continuar lendo.

Coluna
A guerra e a iniquidade humana   

A guerra e a iniquidade humana   

Depois de dois anos de pandemia que desastrosamente ceifou milhares de vidas, o começo de 2022 não poderia ser pior! A guerra que envolve a Rússia e a Ucrânia parece confirmar que estamos de fato, “sem eira nem beira”. Os interesses que estão por de trás dessa guerra são os mesmos pelos quais resultaram toda… Continuar lendo.

Coluna
Apego ao lugar: um sentimento qualificador

Apego ao lugar: um sentimento qualificador

O ser humano e o meio em que vivem sempre estiveram conectados. Essa ligação física, psíquica e social sempre influenciou na vida emocional de homens, mulheres e crianças.  A evolução da Psicologia ambiental, foi sendo percebida e discutida por momentos dentro da história trazendo debates mais teorizados, passando pelo 1º nascimento da nova linha, relacionando… Continuar lendo.

Coluna
Tuba-nharô: mais um aviso do “Pai Feroz”

Tuba-nharô: mais um aviso do “Pai Feroz”

Para falar dos últimos acontecimentos envolvendo a atual e trágica enchente de maio de 2022 na cidade de Tubarão, precisamos dizer que uma junção de forças evitou que “coisa pior acontecesse”, como vinha sendo mostrado por todos centros meteorológicos.    Foram dias e noites de tensão e, a cada momento ou atualização do Grupo de Ações… Continuar lendo.